Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

A elite do TED reúne de Al Gore a Ben Afleck

O TED talvez seja o melhor lugar do mundo para vender ideias. De qualquer tipo

Como lembrou um amigo, o TED talvez seja a única conferência do mundo em que você pode no mesmo dia conversar com o Sebastião Salgado, conversar na fila da comida com o Matt Groening e depois almoçar com o Michael Pollan, um dos mais bem conceituados jornalistas do mundo.

Ou então, como no meu dia hoje, tomar um café-da-manhã com o Al Gore, ver uma roda de conversa de Ken Robinson (um dos maiores educadores do mundo) e Peter Diamandis (o inventor do X-Prize) sobre o próximo projeto e depois assistir o vencedor do Oscar Ben Afleck no palco, na mesma semana em que levou o prêmio.

A diversidade de assuntos é um dos atrativos para pessoas de diferentes áreas de atuação se encontrarem uma vez por ano para saber o que há de mais novo em pesquisas de diferentes campos de conhecimento no mundo.

Os líderes destas diferentes áreas que participam do TED fazem parte de uma elite consciente e ativa nos problemas que precisam ser resolvidos pelo mundo. É curioso notar como alguns usam o evento para influenciar a conversa em torno dos temas que defendem. Bill Gates já fez em anos anteriores.

Bono fez este ano no palco. E Al Gore usou parte da comunidade de participantes para falar sobre sua bandeira: mudanças climáticas. Na manhã desta quinta-feira, 28, Gore lançou o Reality Drop, um site cujo objetivo é ajudar na batalha daqueles que acreditam nos efeitos das mudanças climáticas contra os céticos.

O Reality Drop tem formato de game e, para cada argumento que busque desconstruir os impactos do aquecimento global, há uma série de dados que comprovam os efeitos já presentes no clima.

A insistência de Al Gore em colocar na agenda a discussão sobre o clima virou até motivo de uma piada de Ben Afleck. Brincando, ele disse que com o microfone colado ao rosto parecia o Al Gore dizendo: “O aquecimento global não é uma piada”. De fato, houve uma considerável quantia de falas sobre o melhor uso de energia.


Desde reatores pequenos de fissão nuclear, passando por negócios em torno da energia solar, até uma nova geração de skates motorizados como alternativa limpa de transporte.

À medida que a conferência vai caminhando para o final, as palestras são cada vez menos focadas em temas de economia e negócios e navegam mais por tecnologia, inovação ou solução de problemas globais, como pobreza, discriminação. Como o jornalista ganês Anas Aremeyaw Anas, que trabalha disfarçado e revela grandes escândalos no seu país

De vez em quando, as falas são mais ousadas, como, por exemplo, estudos com animais, sobre golfinhos se reconhecendo no espelho e chimpanzés tocando piano e descobrindo novas notas.

E quando você começa a imaginar que isso é uma grande maluquice, você logo lembra que o TEDPrize foi dado a um educador que está desenvolvendo um método de ensino baseado num ambiente de aprendizado auto-organizado. Exatamente como as experimentações de golfinhos e gorilas...

E as ideias sempre podem ser esticadas ao limite. Num dos painéis mais intrigantes, Vint Cerf, um dos inventores da internet, brincou dizendo que esta rede que estamos usando ainda é beta e que a versão completa é a que vem por aí. A ideia dele e de algumas outras pessoas que estavam no palco é a de construir uma rede inter-espécie e interplanetária.

“Não vejo a hora de ver um golfinho interagindo nesta rede”, disse ele sobre o primeiro caso. “E estamos construindo a rede interplanetária entre Terra e Marte por meio das nossas estações espaciais que já estão interconectadas”. Então, fica a dica: pode ir preparando seu business plan para abrir a operação em Marte.

*Rodrigo Vieira da Cunha é embaixador-sênior do TEDx na América Latina e sócio-fundador da Profile (rodrigo@profilepr.com.br)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também