OGX aumenta prejuízo em 50% no 3º tri, para R$ 293,9 milhões

O Ebitda da operação ficou negativo em R$ 47,448 milhões entre julho e setembro, 12,22% maior do que o Ebitda de um ano antes
OGX: receita líquida de vendas foi de R$ 92,448 milhões, um recuo de 59,6% ante o terceiro trimestre de 2015 (Divulgação)
OGX: receita líquida de vendas foi de R$ 92,448 milhões, um recuo de 59,6% ante o terceiro trimestre de 2015 (Divulgação)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 11/11/2016 10:09 | Última atualização em 11/11/2016 10:09Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A OGX, em recuperação judicial, encerrou o terceiro trimestre do ano com prejuízo de R$ 293,935 milhões, um aumento de 50,78% ante igual intervalo de 2015.

O Ebitda da operação ficou negativo em R$ 47,448 milhões entre julho e setembro, 12,22% maior do que o Ebitda também negativo de R$ 42,284 milhões registrado um ano antes.

A receita líquida de vendas foi de R$ 92,448 milhões, um recuo de 59,6% ante o terceiro trimestre de 2015.

OGPar

A Óleo e Gás Participações (OGPAR), em recuperação judicial, informou prejuízo de R$ 79,988 milhões no terceiro trimestre de 2016, um aumento de 15% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou negativo em R$ 1,944 bilhão, ante um valor também negativo de R$ 712 mil de julho a setembro de 2015.