Mercado Livre e Pão de Açúcar fecham parceria para atender 1.800 cidades

Cerca de 75% das entregas poderão acontecer no mesmo dia e atenderá 80% da população brasileira
Expansão: com a parceria, o Grupo Pão de Açúcar terá acesso a cerca de 80% da população brasileira (Mercado Livre/Divulgação/Reuters)
Expansão: com a parceria, o Grupo Pão de Açúcar terá acesso a cerca de 80% da população brasileira (Mercado Livre/Divulgação/Reuters)
G
Gabriel Aguiar

Publicado em 01/06/2021 às 15:48.

Última atualização em 02/06/2021 às 09:34.

O Mercado Livre fechou parceria com o Grupo Pão de Açúcar para oferecer produtos do supermercado diretamente na plataforma de e-commerce. Mais que isso: toda a logística, desde estoque até entrega ao comprador, ficará a cargo da empresa de tecnologia. Com isso, a rede varejista atenderá até mesmo cidades nas quais não tem lojas (e promete o envio mais rápido do Brasil).

Na modalidade fulfillment, que concentra todas as etapas do processo nas mãos do Mercado Livre, as entregas acontecem em menos de 24h para 75% das compras – e só 10% delas levam mais de dois dias. De acordo com a empresa, o serviço está disponível para 1.800 municípios do país, o que corresponde a 80% da população brasileira, elevando também a capilaridade da varejista.

As melhores oportunidades podem estar nas empresas que fazem a diferença no mundo. Veja como com a EXAME Invest Pro

"Estamos muito otimistas com esta parceria, pois fortalece a nossa robusta trilha de crescimento do e-commerce e a estratégia de expansão das modalidades de entrega cada vez mais rápidas e adaptadas ao novo perfil de consumo dos nossos clientes, que buscam praticidade nas compras de supermercado”, afirma Rodrigo Pimentel, diretor de e-Commerce do Grupo Pão de Açúcar.

"Celebramos a união do líder de e-commerce alimentar do Brasil com o maior e-commerce da América Latina em uma história que vai unir a capilaridade e nossa experiência Livre à variedade e qualidade de produtos do Pão de Açúcar", diz Fernando Yunes, vice-presidente Sênior do Mercado Livre no Brasil.

Grandes empresas no e-commerce

Com quase 70 milhões de usuários ativos e mais de 12 milhões de vendedores, o Mercado Livre já tem apostado em grandes empresas para ampliar a variedade dos produtos oferecidos na plataforma. Tanto que é possível comprar até mesmo veículos, já que, no início da pandemia, a BMW anunciou parceria com a empresa de tecnologia para vender modelos da marca pela internet.

O futuro do varejo é 100% digital? Entenda assinando a EXAME.