Lucro e receita da EA superam estimativas do mercado

O negócio digital, que inclui software distribuido via Internet, agora responde por mais da metade da receita da companhia

Reuters) - A desenvolvedora de video games Electronic Arts, conhecida por jogos como "Fifa" e "The Sims", divulgou na terça-feira lucro e receita melhores que o esperado, auxiliada por fortes vendas digitais e o lançamento de "Battlefield: Hardline".

O negócio digital da EA, que inclui software distribuido via Internet, agora responde por mais da metade da receita da companhia e continuará a crescer, disse à Reuters seu vice-presidente financeiro, Blake Jorgensen.

Jorgensen disse que a EA não vai lançar novos jogos no trimestre atual.

O lucro líquido da EA subiu para 395 milhões de dólares, ou 1,19 dólar por ação, para o quarto trimestre encerrado em 31 de março, ante 367 milhões, ou 1,15 por papel, um ano antes.

A receita cresceu 5,5 por cento, para 1,19 bilhão de dólares.

Numa base ajustada, a EA teve lucro de 0,39 dólar por ação e receita de 896 milhões de dólares.

Analistas esperavam lucro de 0,25 dólar e 850,2 milhões de dólares em receita.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também