Lucro do Itaú BBA cai 15,4% e atinge R$ 1,33 bi no 4º trimestre

Braço de atacado do Itaú registrou diminuição da margem financeira e aumento de despesas não decorrentes de juros
Itaú BBA: empresa afirmou que a baixa se tratava de um cliente específico, não informou de quem se tratava (Luísa Melo//Site Exame)
Itaú BBA: empresa afirmou que a baixa se tratava de um cliente específico, não informou de quem se tratava (Luísa Melo//Site Exame)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 07/02/2017 às 11:10.

São Paulo - O Itaú BBA, braço de atacado do Itaú Unibanco, registrou lucro líquido de R$ 1,33 bilhão no quarto trimestre de 2016, uma queda de 15,4% em relação ao observado no mesmo período do ano anterior.

A instituição financeira explica, no documento que acompanha o seu demonstrativo financeiro, que esse recuo ocorreu devido à "diminuição de 23,3% na margem financeira com clientes, impactada por ajuste ao valor recuperável (impairment) de títulos no valor de R$ 1,255 bilhão" e pelo aumento de despesas não decorrentes de juros em 10,5%, o que foi parcialmente compensado pela redução da despesa de provisão para créditos de liquidação duvidosa em 18,3% em relação ao terceiro trimestre.

O Itaú, no entanto, não especificou o nome do cliente, apenas informou que a baixa se tratava de um grupo econômico específico.

Carteira

O saldo da carteira de crédito do Itaú BBA atingiu R$ 277,2 bilhões em 31 no final do ano passado, queda de 1,6% ante o visto no fim do trimestre imediatamente anterior.