Negócios

Lucro da Johnson & Johnson sobe, mas projeção decepciona

Lucro da Johnson & Johnson subiu para US$ 3,81 bilhões no quarto trimestre de 2016

Johnson & Johnson: projeções de analistas para o ano que vem foram mais otimistas do que as da própria empresa

Johnson & Johnson: projeções de analistas para o ano que vem foram mais otimistas do que as da própria empresa

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 24 de janeiro de 2017 às 11h43.

Última atualização em 24 de janeiro de 2017 às 11h44.

Nova York - A Johnson & Johnson (J&J) divulgou hoje que teve lucro líquido de US$ 3,81 bilhões no quarto trimestre de 2016, maior que o ganho de US$ 3,22 bilhões observado no mesmo período do ano anterior.

Na mesma comparação, o lucro por ação subiu a US$ 1,38, de US$ 1,15. A receita avançou 1,7%, a US$ 18,12 bilhões. Com ajustes, o ganho por ação ficou em US$ 1,58 no último trimestre.

Analistas consultados pela Thomson Reuters previam lucro por ação ajustado um pouco menor, de US$ 1,56, mas receita ligeiramente maior, de US$ 18,28 bilhões.

Para 2017, a Johnson & Johnson previu ganho por ação de US$ 6,93 a US$ 7,08 e receita de US$ 74,1 bilhões a US$ 74,8 bilhões.

As projeções de analistas para o ano eram mais otimistas, de lucro por ação de US$ 7,11 e receita de US$ 75,1 bilhões.

Às 11h (de Brasília), as ações da Johnson & Johnson, que integram o índice Dow Jones, operavam em baixa de 1,24% nos negócios do pré-mercado em Nova York.

Fonte: Dow Jones Newswires.

Acompanhe tudo sobre:BalançosJohnson & Johnson

Mais de Negócios

Marca de infusões orgânicas cresce com aumento do consumo de chás no Brasil e fatura R$ 6 milhões

Descubra 4 formas de pedir empréstimo e quais são as vantagens e desvantagens de cada uma

Apoio Financeiro no RS: prazo para adesão ao termina nesta sexta-feira; saiba como se inscrever

Com nova fábrica, Gelato Borelli vai triplicar produção e planeja faturar R$ 360 milhões em 2024

Mais na Exame