A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Inpar levanta mais R$ 100 milhões com venda de edifícios

Empresa decidiu se desfazer de participação em 3 empreendimentos comerciais

A incorporadora Inpar anunciou nesta segunda-feira a venda de participações em três empreendimentos imobiliários por pouco mais de 100 milhões de reais com o objetivo de reforçar o caixa. A empresa vendeu participações nos empreendimentos comerciais Prime Medical Center, Itapaiúna e no edifício-sede da Cargill em São Paulo.

Na semana passada, a empresa anunciou que terá um novo sócio. O fundo americano Paladin, especializado no mercado imobiliário, vai investir entre 94 milhões de reais e 180 milhões de reais na Inpar. A incorporadora fará uma emissão de quase 103 milhões de novas ações ordinárias (com direito a voto), que serão vendidas por 1,75 real cada uma. Os principais acionistas da Inpar (ISA Incorporação, Grupo Neves e o fundo Ascet) já cederam seu direito de preferência de aquisição dos novos papéis ao Paladin. Caso os minoritários façam o mesmo, o fundo americano passará a controlar 52% do capital da empresa. O controle será dividido entre o Paladin e a família Parizotto, fundadora da companhia.

Entre os ativos cuja venda foi anunciada nesta segunda-feira, o principal é o edifício Prime Medical Center. O empreendimento encontra-se em construção e deve ser concluído em junho de 2009. Um fundo de pensão local - cujo não nome não foi revelado - vai pagar 57 milhões de reais pela participação. A Inpar terá ainda direito a um prêmio de até 8 milhões de reais atrelado à taxa de ocupação do edifício. O Prime Medical Center possui 8.500 metros quadrados de área disponível para laboratórios, consultórios médicos e clínicas. Situado no Itaim Bibi, bairro de classe média-alta na zona sul de São Paulo, o prédio terá 35% de seu espaço ocupado pelo laboratório de diagnósticos Fleury.

A Inpar também vendeu dois edifícios comerciais no bairro do Morumbi, na zona oeste e sul de São Paulo. O prédio comercial que funciona como sede da Cargill no Brasil tem 15.600 metros quadrados de área construída. A parte da Inpar foi vendida por 30 milhões de reais. Já o edifício Itapaiúna possui 11.200 metros quadrados de área construída e foi vendido por 18 milhões de reais.

“Essas transações, somadas à proposta aprovada pelo conselho de administração da companhia de um aumento de capital de 180 milhões de reais, anunciada recentemente, fortalecerão a posição de caixa da Inpar, representando adequados níveis de liquidez financeira e solidez patrimonial”, disse Otavio Araujo, diretor financeiro da companhia.

Como tem acontecido nas últimas transações que buscam elevar o caixa de uma companhia aberta, o mercado aprovou o negócio. As ações ordinárias da Inpar (INPR3) operavam no início do pregão desta segunda-feira em alta de 4,43%, negociadas a 1,65 real.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também