IAG sela acordo para compra da aérea britânica bmi

O grupo formado por British Airways/Iberia anunciou a aquisição da unidade britânica da Lufthansa
A IAG chegou a um acordo no valor de 172,5 milhões de libras (277 milhões de dólares) para comprar a bmi no fim do ano passado, após superar a rival Virgin Atlantic (Wikimedia Commons)
A IAG chegou a um acordo no valor de 172,5 milhões de libras (277 milhões de dólares) para comprar a bmi no fim do ano passado, após superar a rival Virgin Atlantic (Wikimedia Commons)
D
Da RedaçãoPublicado em 20/04/2012 às 09:15.

Londres - A IAG, controladora da British Airways e da Iberia, informou ter concluído a aquisição da companhia aérea britânica bmi, da Lufthansa, e que o preço do acordo será reduzido após a empresa alemã não ter conseguido vender duas unidades da bmi.

A bmi reúne três negócios: uma companhia aérea tradicional para Europa, Oriente Médio e África; a bmi regional, que atende o Reino Unido; e a unidade de baixo custo bmibaby.

A IAG disse que a operação principal da bmi será integrada à British Airways, mas que a bmibaby e a bmi regional não haviam sido vendidas antes do negócio ser concluído.

"Sob os termos do acordo de compra, a IAG também comprará estes negócios (bmibaby e bmi regional) e receberá uma significativa redução de preço", disse a IAG em comunicado.

A IAG chegou a um acordo no valor de 172,5 milhões de libras (277 milhões de dólares) para comprar a bmi no fim do ano passado, após superar a rival Virgin Atlantic.

"A bmibaby e a bmi regional não são partes dos planos de longo prazo da IAG e não serão integradas à British Airways. A IAG buscará opções para sair destes negócios e mais detalhes serão fornecidos neste curso", acrescentou a companhia aérea.

No mês passado, a BA teve aprovação regulatória da Comissão Europeia para comprar a bmi da Lufthansa.