Grupos chinês e brasileiro vão comprar Club Med

Aquisição sairá por quase 940 milhões de euros

São Paulo - O grupo chinês Fosun e o brasileiro Nelson Tanure estão próximos de fechar a compra da tradicional rede de hotéis Club Méditerranée (Club Med). As informações são do jornal Financial Times.

De acordo com a publicação, o italiano Andrea Bonomi desistiu da longa batalha pelo controle da rede, deixando o caminho aberto ao conglomerado asiático.

Em dezembro, o Fuson  havia aumentado sua oferta pelo Club Med para 24,60 por ação, o que faz com que a aquisição custe 939 milhões de euros. O grupo chinês já detém cerca de 20% da rede de hotéis.

Recentemente, Tanure afirmou ao Financial Times que se juntaria ao Fuson para ajudar o grupo a comprar o Club Med. O brasileiro deve ficar com uma fatia minoritária no negócio.

O Club Med tem atualmente três hotéis na China. O objetivo agora é tornar o país asiático o segundo maior mercado do grupo, disse o Financial Times.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também