Greve faz a Lufthansa cancelar 50 voos

Os auxiliares de voo pretendem permanecer paralisados durante 24 horas nesta sexta-feira em todo o país

Frankfurt - A principal companhia aérea alemã, Lufthansa, cancelou 50 voos nesta quinta-feira devido às perturbações causadas pela greve de auxiliares de voo, que pretendem permanecer paralisados durante 24 horas nesta sexta-feira em todo o país.

Os voos cancelados nesta quinta cobrem rotas domésticas como Berlim-Colonia, europeias como Dublin-Frankfurt ou Munique-Roma, e intercontinentais, como Nova York-Frankfurt ou Hong Kong-Munique, segundo as informações publicadas no site do grupo.

O sindicato UFO das aeromoças e comissários de bordo anunciou na quarta-feira uma greve de 24 horas nos aeroportos de Frankfurt (oeste), primeiro núcleo aéreo da Lufthansa e treceiro aeroporto europeu, como também em Berlim, Munique (sul), Dusseldorf (oeste), Stuttgart (sudoeste) e Hamburgo (norte).

A Lufthansa decidiu, em consequência, cancelar dois terços de seus 1.800 voo inicialmente previstos nesta sexta-feira.

A UFO reclama uma alta dos salários de 5% sobre 12 meses a partir de 1o. de abril.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.