GPA prevê intensificar ganhos de sinergia em 2016

Segundo presidente, o grupo antevê mais ganhos de eficiência em 2016 com sinergias operacionais das unidades Via Varejo,, Cnova e Pão de Açúcar e Extra

	Pão de Açúcar: sinergias envolvem cortes de despesas operacionais
 (Reprodução/Street View)
Pão de Açúcar: sinergias envolvem cortes de despesas operacionais (Reprodução/Street View)
D
Da RedaçãoPublicado em 30/10/2015 às 17:10.

Sâo Paulo - O Grupo Pão de Açúcar antevê mais ganhos de eficiência em 2016 com sinergias operacionais das unidades Via Varejo (móveis e eletrodomésticos), Cnova (comércio eletrônico) e Pão de Açúcar e Extra, disse o presidente Ronaldo Iabrudi nesta sexta-feira.

"Ainda não colhemos todos os frutos (da sinergia)", disse. "Teremos ganhos importantes sobretudo em 2016, mas vamos capturar parte ainda em 2015. As despesas vieram como veio a crise, de forma aguda, de uma única vez", adicionou.

As sinergias envolvem cortes de despesas operacionais, além de unificação de processos antes replicados em cada unidade. A previsão é de ganhos anualizados de até 140 milhões de reais com essas iniciativas, adotadas a partir de julho.

A companhia, maior varejista do Brasil, anunciou na quinta-feira à noite que teve prejuízo líquido de 122 milhões de reais no terceiro trimestre, ante lucro de 391 milhões de reais um ano antes. O resultado incluiu redução de 9 mil funcionários em relação ao final de junho.