Gol tem lucro líquido de R$ 110,5 mi no 1º trimestre

A receita líquida ajustada soma R$ 1,895 bilhão, alta de 9,6% sobre R$ 1,729 bilhão do primeiro trimestre de 2010

São Paulo - A Gol Linhas Aéreas reportou lucro líquido ajustado do primeiro trimestre deste ano no valor de R$ 110,5 milhões ante R$ 23,9 milhões no mesmo período de 2010, um aumento de 362,1%, principalmente em razão de maiores ganhos com variação cambial entre os períodos, como explica a companhia em relatório de resultados.

Para comparação trimestral, as informações financeiras são ajustadas. Como havia avisado anteriormente, a Gol fez alguns lançamentos pontuais e sem efeito caixa do trimestre no valor de R$ 120 milhões, devido ao novo sistema de contabilização de receitas (revenue accounting) e de controle de passagens, que gerou alterações no saldo de transportes a executar contabilizados no resultado. Se incluídos esses lançamentos, o lucro líquido ficaria em R$ 31,9 milhões, com aumento de 33,5% sobre o primeiro trimestre de 2010.

O Ebitdar ajustado - equivalente ao Ebitda antes das despesas com arrendamento de aeronaves (denominado em dólares), foi de R$ 411,5 milhões no primeiro trimestre, 1,6% acima dos R$ 405,0 milhões do primeiro trimestre de 2010, com margem Ebitdar de 21,7%, ante 23,4% na mesma comparação. A receita líquida ajustada soma R$ 1,895 bilhão, alta de 9,6% sobre R$ 1,729 bilhão do primeiro trimestre de 2010. Todos os dados são apresentadas em IFRS.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.