GM é multada por recall tardio de veículos

Fabricante "fracassou em apontar um defeito de segurança (...) ao governo federal nos prazos estabelecidos", indicaram o departamento de Transporte e a NHTSA

Autoridades americanas aplicaram uma multa de 35 milhões de dólares à General Motors por ter demorado a fazer o recall de veículos equipados com uma peça defeituosa, indica um comunicado oficial.

Trata-se de uma multa recorde para este tipo de caso.

Desde o início do ano, a montadora fez o recall de 10 milhões de veículos, em especial por um defeito na ignição que impede que os airbags se abram, e que está vinculado a 13 acidentes fatais.

O fabricante "fracassou em apontar um defeito de segurança (...) ao governo federal nos prazos estabelecidos", indicaram o departamento de Transporte e a autoridade de regulação do transporte (NHTSA) em um comunicado.

A GM se comprometeu a submeter a uma "análise sem precedentes" seus procedimentos de recall, afirmaram as autoridades.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.