Fibria reduz produção em fábricas em São Paulo e no Mato Grosso do Sul

A empresa diz que vem efetuando ajustes operacionais para lidar com a dificuldade para receber insumos e combustíveis e para transportar produtos

São Paulo - A produtora de celulose Fibria informou nesta segunda-feira que decidiu reduzir ritmo de produção em suas fábricas em Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), como consequência da greve dos caminhoneiros.

A companhia, maior produtora de celulose de eucalipto do mundo, afirmou que "até o momento" não precisou parar nenhuma de suas três fábricas no Brasil, que além de Jacareí e Três Lagoas incluem Aracruz, no Espírito Santo.

"A empresa vem efetuando ajustes operacionais em função da dificuldade de recebimento de insumos e combustíveis e de transporte dos seus produtos", afirmou a empresa em comunicado à imprensa.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.