Eternit compra concorrente do setor de telhas Confibra por R$ 110 milhões

Aquisição busca fortalecer a participação da Eternit no estado de SP, elevando a capacidade de produção de telhas de fibrocimento em até 20%
 (Eternit/Divulgação)
(Eternit/Divulgação)
M
Mariana MartucciPublicado em 30/03/2021 às 16:01.

A Eternit anunciou nesta segunda-feira, 29, uma oferta vinculante para a aquisição da empresa do setor de telhas de fibrocimento Confibra por R$ 110 milhões.

A Confibra, localizada em Hortolândia, no interior do estado de São Paulo, tem capacidade de produção na ordem de 14 mil toneladas/mês, o que representará um aumento de capacidade de cerca de 20% no parque industrial da Eternit. A operação, que deve ser concluída nas próximas semanas, busca fortalecer a posição da Eternit em São Paulo, onde a companhia não possui nenhuma unidade fabril do produto.

"Essa aquisição é uma maneira de aumentarmos nossa participação e a nossa receita, sem aumentar a capacidade total do mercado. Assim, não haverá pressão sobre os preços e as margens", afirma Luís Augusto Barbosa, presidente do Grupo Eternit.

Atualmente, a Eternit abastece a região com produtos provenientes de suas fábricas do Rio de Janeiro e do Paraná"Nós não vamos substituir os produtos que hoje vêm destes estados por essa nova fábrica, pois junto com a capacidade instalada, vamos adquirir uma parcela de mercado. Com isso, virá também o grupo de clientes da Confibra. Assim, não haverá alteração em nenhuma outra fábrica da Eternit", complementa Barbosa.

Outra vantagem da aquisição será o aumento de produção da fábrica de Manaus, onde a Eternit produz polipropileno, matéria-prima para as telhas de fibrocimento. A companhia passará a abastecer a fábrica da Confibra em Hortolândia com a fibra sintética vinda da capital amazonense.