Empresas emergentes e do Brasil que desafiam líderes globais

13 brasileiras estão entre as 100 que têm o maior potencial de crescer e se tornar globais, segundo a The Boston Consulting Group

São Paulo - A The Boston Consulting Group (BCG) divulgou seu time de "desafiantes nos mercados emergentes". São empresas que, na visão da consultoria, se destacam na tarefa de expansão global. Na quinta edição do levantamento, 13 nomes brasileiros apareceram no ranking das 100 companhias, incluindo medalhões como Brasil Foods, Camargo Corrêa e Natura.

Desde 2006, quando foi publicada a primeira lista, o Brasil sempre ocupou o terceiro lugar do pódio, com Índia em segundo e China na primeira posição. A diferença é que o peso das nações do BRIC vem caindo com os anos. Se naquela época 84 das 100 companhias desafiantes tinham como terra natal Brasil, Rússia, Índia ou China, na edição de 2013 o número caiu para 69.

A maior responsável pelo movimento foi a China, que viu a presença das suas empresas diminuir drasticamente, indo de 44 para 30 nomes. O Brasil, por outro lado, vem mantendo-se estável: apenas em 2009 a lista da BCG contava com 14 empresas daqui. Nos demais rankings, foram sempre 13 companhias.

Dentre as novidades nacionais, estão a entrada da Iochpe-Maxion e da Tigre. A primeira é lembrada pela aquisição de duas empresas além de suas fronteiras: o Grupo Galaz, do México, por 195 milhões de dólares, e a americana Hayes Lemmerz, por 725 milhões.

Já a Tigre é citada como a terceira maior fabricante de tubos de PVC do mundo, com receita de 1,6 bilhão de dólares. Para a BCG, o sucesso da empresa está intimamente ligado a sua capacidade de lançar produtos adaptados ao mercado local - são cerca de 500 novos artigos por ano. Entre as representantes brasileiras, também estão Embraer, Gerdau, JBS, Marcopolo, Grupo Odebrecht, Petrobras, WEG e Grupo Votorantim.

Veja nas próximas páginas a relação de todas as empresas que receberam o selo de "desafiantes globais".

(*) = estreantes na lista


table.tableizer-table {
border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif;
font-size: 12px;
}
.tableizer-table td {
padding: 4px;
margin: 3px;
border: 1px solid #ccc;
}
.tableizer-table th {
background-color: #104E8B;
color: #FFF;
font-weight: bold;
}

Empresa País
Tenaris Argentina
Brasil Foods Brasil
Grupo Camargo Corrêa Brasil
Embraer Brasil
Gerdau Brasil
Iochpe-Maxion (*) Brasil
JBS Brasil
Marcopolo Brasil
Natura Brasil
Grupo Odebrecht Brasil
Petrobras Brasil
Tigre (*) Brasil
Grupo Votorantim Brasil
WEG Brasil
Falabella Chile
LATAM Chile
Grupo Alibaba (*) China
Aviation Industry Corporation of China (*) China
China Communications Construction Company China
China International Marine Conteiners Group China
China Minmetals China
China National Chemical Corporation (ChemChina) China
China National Offshore Oil Corporation China
China Shipbuilding Industry Corporation China
China UnionPay (*) China
Citic Group (*) China
Geely International China
Goldwind (*) China
Haier China
Huawei Technologies China
Johnson Electric China
Grupo Lenovo China
Li & Fung China
Mindray (*) China
PetroChina (*) China
Sany Group (*) China
Shanghai Electric Group China
Sinochem China
Sinohydro China
Sinoma International Engeneering (*) China
Sinopec (*) China
Trina Solar (*) China
Grupo Wanxiang China
Yanzhou Coal Mining Company China
Zoomlion China
ZTE China
Grupo Empresarial Antioqueño (*) Colômbia
El Sewedy Electric Egito
Bajaj Auto Índia
Bharat Forge Índia

Empresa País
Bharti Airtel Índia
Crompton Greaves Índia
Dr. Reddy’s Laboratories Índia
Godrej Consumer Products (*) Índia
Hindalco Industries Índia
Infosys Índia
Larsen & Toubro Índia
Lupin Pharmaceuticals Índia
Mahindra & Mahindra Índia
Motherson Sumi Systems (*) Índia
Reliance Industries Índia
Sun Pharmaceutical Industries (*) Índia
Tata Chemicals Índia
Tata Consultancy Services Índia
Tata Motors Índia
Tata Steel Índia
Vedanta Resources Índia
Wipro Índia
Golden Agri-Resources (*) Indonésia
Indofood Indonésia
Qatar Airways (*) Qatar
Gazprom Rússia
Lukoil Rússia
Norilsk Nickel Rússia
Severstal Rússia
United Company Rusal Rússia
VimpelCom (*) Rússia
Saudi Basic Industries Corporation (Sabic) Arábia Saudita
Koç Holding Turquia
Sabanci Holding Turquia
Turkish Airlines (*) Turquia
Etihad Airways (*) Emirados Árabes
AirAsia (*) Malásia
Petronas Malásia
Alfa México
América Movil México
Femsa México
Gruma México
Grupo Bimbo México
Mabe México
Maxichem México
Aspen Pharmacare (*) África do Sul
Bidvest Group África do Sul
MTN Group (*) África do Sul
Naspers (*) África do Sul
Sasol África do Sul
Charoen Pokphand Group Tailândia
Indorama Ventures Tailândia
PTT Tailândia
Thai Union Frozen Products Tailândia

table.tableizer-table {
border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif;
font-size: 12px;
}
.tableizer-table td {
padding: 4px;
margin: 3px;
border: 1px solid #ccc;
}
.tableizer-table th {
background-color: #104E8B;
color: #FFF;
font-weight: bold;
}

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.