Negócios

CNN negocia entrada no Brasil e Eike pode ser seu sócio

Segundo blog de Lauro Jardim, canal de notícias está em negociação para lançar uma versão em português

Eike e CNN: empresário chegou a se oferecer para ser sócio do projeto (Wikimedia Commons)

Eike e CNN: empresário chegou a se oferecer para ser sócio do projeto (Wikimedia Commons)

Tatiana Vaz

Tatiana Vaz

Publicado em 24 de abril de 2012 às 18h25.

São Paulo - A rede de notícias CNN está em negociação para lançar um canal em português. O empresário Eike Batista, o homem mais rico do país, chegou a se oferecer para ser sócio do projeto, mas a CNN ficou ressabiada com a ligação do empresário com políticos brasileiros. As informações são da coluna do Lauro Jardim.

Apostar em países emergentes seria uma maneira do canal a cabo de notícias norte-americano expandir seus negócios para países com grande potencial de desenvolvimento. Além de também ser uma alternativa para a rede reforçar sua atuação frente a crescente concorrência com redes sociais e blogs.

Fundado em 1980, o Cable News Network (CNN) foi o primeiro canal a transmitir uma programação de notícias 24 horas, e o primeiro canal exclusivamente jornalístico dos Estados Unidos.

Por meio de nota, a assessoria do empresário Eike Batista diz que a informação de que ele tenha feito qualquer oferta a CNN não procede. 

Acompanhe tudo sobre:CNNEike BatistaEmpresáriosEmpresasMMXNegociaçõesOSXPersonalidades

Mais de Negócios

Após anúncio de parceria com Aliexpress, Magalu quer trazer mais produtos dos Estados Unidos

De entregadores a donos de fábrica: irmãos faturam R$ 3 milhões com pão de queijo mineiro

Como um adolescente de 17 anos transformou um empréstimo de US$ 1 mil em uma franquia bilionária

Um acordo de R$ 110 milhões em Bauru: sócios da Ikatec compram participação em empresa de tecnologia

Mais na Exame