Negócios

Citigroup fecha Banamex nos EUA e recebe multa de US$ 140 mi

O banco disse que fechará o braço americano de sua filial mexicana, acusada por seus procedimentos de controle interno considerados insuficientes

Sede do Citigroup: Citigroup também será multado em 140 milhões de dólares em troca do encerramento da investigação pelos reguladores (Timothy A. Clary/AFP)

Sede do Citigroup: Citigroup também será multado em 140 milhões de dólares em troca do encerramento da investigação pelos reguladores (Timothy A. Clary/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de julho de 2015 às 21h26.

Nova York - O banco Citigroup anunciou nesta quarta-feira que fechará o braço americano de sua filial mexicana Banamex, acusada pelas autoridades por seus procedimentos de controle interno considerados insuficientes.

O Citigroup também será multado em 140 milhões de dólares em troca do encerramento da investigação pelos reguladores, informou o comunicado em que o grupo explica que pagará a quantia com suas reservas.

Cerca de 100 milhões serão destinados ao Federal Deposit Insurance Corporation (FDIC), a instância federal encarregada de garantir depósitos bancários.

O restante será pago a uma autoridade de vigilância californiana, segundo um comunicado da FDIC.

"A liquidação do Banamex EUA (BUSA) está em curso e será feita de forma ordenada", disse Citigroup, acrescentando que a decisão faz parte da sua estratégia para reduzir seu tamanho e reforçar os recursos próprios.

Com sede em Century City, Califórnia (oeste), o Banamex EUA tem sido acusado desde 2012 por autoridades norte-americanas de ser pouco rígido em seus procedimentos de controle interno relacionados às transferências e lavagem de dinheiro.

Acompanhe tudo sobre:Bancosbancos-de-investimentoCitigroupEmpresasEstados Unidos (EUA)FinançasPaíses ricos

Mais de Negócios

Shopee ultrapassa Amazon e se torna segundo e-commerce mais acessado do Brasil em maio; veja a lista

Por que a Cimed está disposta a pagar R$ 450 milhões pela Jequiti

Com solução para quem enfrenta o câncer, a Oncoclínicas&Co é eleita uma das Melhores do ESG

Empresa do Paraná que ajuda na cobrança de dívidas compra startup de Natal e mira R$ 100 milhões

Mais na Exame