Negócios

Cade aprova parceria entre Gerdau, Votorantim e Tigre

Nova empresa vai gerir e promover o programa de fidelização chamado Juntos Somos Mais, voltado para lojistas do setor de materiais de construção civil

Cade aprovou a formação de joint venture entre Votorantim Cimentos, Tigre Participações e Gerdau Aços Longos (Paulo Fridman/Bloomberg)

Cade aprovou a formação de joint venture entre Votorantim Cimentos, Tigre Participações e Gerdau Aços Longos (Paulo Fridman/Bloomberg)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 29 de agosto de 2018 às 09h39.

Brasília - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a formação de joint venture entre Votorantim Cimentos, Tigre Participações e Gerdau Aços Longos, conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU). A nova empresa vai gerir e promover o programa de fidelização chamado Juntos Somos Mais, voltado para lojistas do setor de materiais de construção civil.

A joint venture será composta 45% pela Votorantim, fundadora do programa em 2015, e outros 27,5% cada por Gerdau e Tigre. O programa é destinado a lojas e seus vendedores, "com o objetivo de aprimorar o atendimento aos clientes finais e aos profissionais da obra", informou nota das empresas distribuída em abril, quando anunciaram a parceria.

Pelo programa, a venda de produtos das empresas participantes - como aço, cimento, argamassa, rejuntes, tubos e conexões - gera pontos que poderão ser trocados por bens ou serviços pelos proprietários de loja, vendedores e balconistas. Entre os benefícios oferecidos estão cursos profissionalizantes, softwares de venda, treinamentos de gestão, bens e equipamentos.

Ao Cade, as empresas disseram que "são e permanecerão independentes em qualquer aspecto operacional e comercial de suas atividades principais", assim "o único ponto em comum entre elas residirá na operação do programa de fidelização por coalizão". Outras empresas do ramo de construção civil poderão aderir ao programa como parceiras.

Acompanhe tudo sobre:CadeFusões e AquisiçõesGerdauJoint-venturesTigre S.A.Votorantim

Mais de Negócios

Como linhas de crédito para COP vão ajudar Dona Lúcia, cozinheira que mudou o modo de comer no Pará

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Casa do Pão de Queijo

De pequena farmácia a gigante da beleza, como O Boticário virou um fenômeno com R$ 30 bi em vendas

Smart Fit compra rede de estúdios Velocity por R$ 183 milhões

Mais na Exame