Negócios
Acompanhe:

BRF vai construir fábrica no Oriente Médio

Investimento inicial será de US$ 120 milhões; planta terá capacidade de produção de 80.000 toneladas ano e é a maior da companhia fora do Brasil

BRF: fábrica no Oriente Médio faz parte do processo de internacionalização da companhia (DIVULGACAO)

BRF: fábrica no Oriente Médio faz parte do processo de internacionalização da companhia (DIVULGACAO)

D
Daniela Barbosa

Publicado em 11 de agosto de 2011, 18h59.

São Paulo - Após um ano tentando fechar uma aquisição no Oriente Médio, a Brasil Foods (BRF) anunciou, nesta quinta-feira (11/8), a construção de uma unidade industrial na região. A unidade é a maior da companhia fora do Brasil.

"Não encontramos nada que se adequasse ao nosso perfil, por isso decidimos investir em uma unidade na região", afirmou José Antonio Fay, presidente da companhia, nesta quinta-feira(11/8), em coletiva com a imprensa.

Os investimentos iniciais previstos totalizam 120 milhões de dólares. A fábrica é a quarta da BRF fora do país e terá capacidade inicial de produção de 80.000 toneladas ano, com possibilidade de expansão.

"Todos os investimentos serão feitos com recursos próprios e a produção deve se iniciar no final do próximo ano", disse Fay. A ideia é mandar matéria-prima daqui e processar com temperos característicos da região.

Os produtos produzidos na região serão empanados, hambúrgueres, pizzas e marinados. Ainda sem local definido, a fábrica deve ser instaladas dentro dos Emirados Árabes.

Segundo a companhia, a construção da fábrica faz parte da estratégia de internacionalização da BRF.