A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Barclays pode demitir 2.000 no início de 2013

Cortes fazem parte dos planos de reestruturação da instituição financeira europeia

São Paulo - O Barclays já faz planos para o próximo ano e entre as metas de 2013 pode estar a demissão de até 2.000 funcionários. As informações são do Wall Street Journal, desta quinta-feira.

De acordo com a reportagem, os cortes devem ocorrer no braço de investimentos do banco e a decisão partiu de alguns executivos da companhia.

As demissões representam 8,6% da força de trabalho da instituição financeira. Atualmente, o Barclays emprega cerca de 23.000 pessoas.

O Barclays não o unico, no entanto, que pode reduzir seu quadro de funcionários. Recentemente, o UBS, Citigroup, Deutsche Bank e Credit Suisse reduziram seu quadro de funcionários para cortar custos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também