Ucrânia fala com Merkel sobre soluções para crise

Em comunicado, a Presidência ucraniana informou em seu site que ambos os líderes "abordaram assuntos relativos a uma saída pacífica para a crise política"

Kiev - O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, teve nesta quinta-feira uma conversa telefônica com a chanceler alemã, Angela Merkel, sobre as possíveis soluções para a crise que sofre seu país.

Em comunicado, a Presidência ucraniana informou em seu site que ambos os líderes "abordaram assuntos relativos a uma saída pacífica para a crise política" e "vias para a estabilização da Ucrânia".

O Governo alemão, por enquanto, não divulgou nenhuma informação relacionada com esta conversa telefônica.

Horas antes, Merkel tinha expressado sua "indignação" com o corte de liberdades na Ucrânia e tinha pressionado o Governo de Kiev, perante a escalada da violência, em "respeitar direitos civis" como a liberdade de reunião e manifestação em vez de restringi-los.

"Estamos horrorizados com as imagens que nos chegam de Kiev", assegurou a chanceler em um comparecimento perante a imprensa após uma reunião do conselho de ministros.

As autoridades de Kiev devem "garantir que se respeitem os direitos civis fundamentais como o de reunião e manifestação", acrescentou então a chanceler alemã.

A chefe da diplomacia da União Europeia, Catherine Ashton, viajará para Kiev na próxima semana para se reunir com Yanukovich e com líderes da oposição, segundo anunciou nesta em comunicado.

"O objetivo deste deslocamento é acompanhar a situação muito de perto e reforçar os esforços da UE para conseguir uma solução política para a crise neste país", assinalou.

O comissário europeu de Ampliação e Política de Vizinhança, Stefan Füle, também se deslocará para capital ucraniana, enquanto uma delegação do Parlamento Europeu (PE) o fará no início da próxima semana. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.