Navios chineses entram nas ilhas em disputa com Japão

Japão confirmou que três patrulheiros chineses entraram nas águas territoriais das ilhas em disputa com o Japão

Três embarcações oficiais chinesas chegaram na manhã desta sexta-feira às águas das ilhas Senkaku, em uma primeira incursão deste tipo após a vitória, nas eleições do último domingo, do partido conservador japonês, anunciou a guarda-costeira.

O líder do Partido Liberal Democrático (PLD), Shinzo Abe, que será nomeado primeiro-ministro em 26 de dezembro, afirmou na segunda-feira que a soberania japonesa sobre as ilhas reivindicadas por Pequim, com o nome de ilha Diaoyu, "não era negociável".

"Três patrulheiros chineses entraram nas águas territoriais perto de Kubajima", uma das ilhas do pequeno arquipélago, disse um funcionário da Guarda Costeira japonesa.

O conflito entre Pequim e Tóquio se agravou após a nacionalização, em setembro, por Tóquio, de parte deste arquipélago de ilhas desabitadas, situado 200 km a nordeste da costa de Taiwan e 400 km a oeste de Okinawa (sul do Japão), no Mar da China oriental.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também