Transocean diz que indiciamento no Brasil "não tem mérito"

"Defenderemos vigorosamente a companhia e nossos colaboradores", destaca Anthony Dovkants, diretor da FTI Consulting Brasil, companhia que assessora a petrolífera

São Paulo - A Transocean disse em nota por e-mail acreditar que os indiciamentos da empresa e coloboradores pelo vazamento de petróleo “não tem mérito”. E afirmou que defenderá seus funcionários.

“Acreditamos que os indiciamentos não tem mérito e defenderemos vigorosamente a companhia e nossos colaboradores. Quando os fatos forem totalmente examinados, estamos certos que eles demonstrarão que nós agimos de forma apropriada e responsável ao incidente”, é a íntegra da declaração enviada por e-mail enviada por Anthony Dovkants, diretor da FTI Consulting Brasil, que assessora a empresa.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também