Trabalhadores iranianos e iraquianos são assassinados

Segundo a fonte, no ataque ficaram feridos outros sete trabalhadores de ambas nacionalidades, e os agressores fugiram assim que chegaram as forças de segurança

Bagdá - Pelo menos 15 iranianos e três iraquianos foram assassinados nesta sexta-feira por um grupo armado enquanto trabalhavam no gasoduto que vai do território iraniano a uma estação elétrica do leste do Iraque, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Segundo a fonte, no ataque ficaram feridos outros sete trabalhadores de ambas nacionalidades, e os agressores fugiram assim que chegaram as forças de segurança.

Em outro fato, quatro civis morreram e outros 13 ficaram feridos pela explosão de um carro-bomba estacionado perto de um mercado popular na cidade de Madain, ao sul de Bagdá.

Além disso, sete iraquianos morreram hoje e outros 20 ficaram feridos em outros ataques cometidos no Iraque, enquanto a polícia frustrou a tentativa de fuga de 20 detentos de uma prisão da capital.

O Iraque sofre uma escalada da violência sectária e dos atentados terroristas.

Durante o mês de novembro, 948 pessoas, a maioria delas civis, morreram em ataques, segundo números do governo iraquiano. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.