Suspeito declarou lealdade ao EI antes do massacre nos EUA

Segundo a imprensa americana, Mateen ligou para os serviços de emergência e declarou lealdade ao grupo terrorista

Miami -- Omar Mateen, o suposto autor do massacre que matou 50 pessoas em uma boate em Orlando, pouco antes de efetuar o ataque ligou para os serviços de emergência (911) e declarou lealdade ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI), informou o canal "NBC" News.

De acordo com veículos de imprensa americanos, as autoridades têm registrada uma chamada de Mateen na qual declarou sua lealdade ao grupo terrorista.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.