Mundo
Acompanhe:

Surpresa de Natal: Google vai dar 9 mil reais para os 140 mil funcionários

Segundo um porta-voz da companhia, o benefício faz parte de um subsídio para o home office além de um "bônus do bem-estar" do Google para apoiar seus funcionários

Google: o valor, que será dado em dinheiro, será de US$ 1.600,00. (Carsten Koall/Getty Images)

Google: o valor, que será dado em dinheiro, será de US$ 1.600,00. (Carsten Koall/Getty Images)

M
Mariana Martucci

10 de dezembro de 2021, 11h05

O Google anunciou nesta quarta-feira, 8, que vai dar um bônus adicional no próximo ano para seus funcionários em todo o mundo, incluindo estagiários da empresa. O valor, que será dado em dinheiro, será de US$ 1.600,00 — ou o valor equivalente ao país que o funcionário estiver.

Segundo um porta-voz da companhia, o benefício faz parte de um subsídio para o home office além de um "bônus do bem-estar" do Google para apoiar seus funcionários durante a pandemia da covid-19. Mesmo não revelando o valor total que a empresa reservou para o benefício, atualmente o Google conta com 140 mil funcionários pelo mundo, o que daria algo em torno de 224 milhões de dólares.

Como a vida pós-vacina vai mudar a sua vida profissional? Assine a EXAME e entenda.

No início de março, uma pesquisa interna do Google mostrou uma queda no bem-estar de seus funcionários no ano passado, o que fez com que a empresa anunciasse uma série de benefícios, incluindo um bônus em dinheiro de US$ 500 para o bem-estar.

Na semana passada, o Google adiou seu plano de retorno ao escritório indefinidamente em meio a temores da variante do Ômicron do coronavírus e alguma resistência de seus funcionários às vacinas. Anteriormente, esperava-se que os funcionários voltassem aos escritórios no dia 10 de janeiro.

Tudo de bôn(us)

Em outubro deste ano, Sara Blakely, fundadora e CEO da Spanx, presenteou seus funcionários com dois ingressos de primeira classe para cada um viajar a qualquer lugar do mundo com acompanhante e US$ 10.000 para gastarem na viagem. Isso aconteceu durante uma festa de celebração do negócio.

Blakely postou nas redes sociais um vídeo do momento do anúncio, e os funcionários ficaram tão perplexos com a notícia que alguns choraram, enquanto outros ficaram boquiabertos, sem saber como reagir, como pode ser visto no vídeo abaixo: