Suposto autor de explosões no Texas morre em operação policial

Ele é responsável por todos os incidentes em Austin. Esta é a culminação de três longas semanas na nossa comunidade, disse o chefe de polícia de Austin

Austin, 21 mar – O suposto autor das cinco bombas que explodiram neste mês em Austin (Texas), incidentes nos quais morreram duas pessoas, faleceu após uma operação policial, confirmaram as autoridades nesta terça-feira.

“Ele é responsável por todos os incidentes em Austin. Esta é a culminação de três longas semanas na nossa comunidade”, disse o chefe de polícia de Austin, Brian Manley.

O suspeito morreu após a explosão de um bomba que levava consigo quando era perseguido por uma estrada na zona norte da capital do Texas.

Aparentemente, o suspeito ativou o explosivo que levava ao conhecer que as autoridades estavam estreitando o cerco sobre ele como suspeito dos ataques ocorridos neste mês.

Segundo os dados revelados até o momento, tratava-se de um jovem branco de 24 anos, cuja identidade e motivos para realizar as explosões são desconhecidos.

“O suspeito das bombas de Austin está morto. Um grande trabalho por parte das autoridades e todos os interessados!”, escreveu em sua conta do Twitter o presidente dos EUA, Donald Trump, após ser informado sobre a morte do suposto autor dos ataques.

Austin foi sacudida por uma série de pacotes explodiram nos últimos dias na cidade sem motivos aparentes e nem alvos concretos.

Desde 2 de março, explodiram cinco pacotes, que deixaram dois mortos e seis feridos.

A Casa Branca tinha afirmado que não existiam “aparentes nexos com o terrorismo” ao comentar a série de artefatos que tinham explodido em Austin.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.