Sobreviventes da escola Sandy Hook voltam às aulas na quinta

A escola Sandy Hook, em Newtown, Connecticut, está fechada desde a tragédia ocorrida no dia 14 de dezembro, quando um jovem de 20 anos matou a tiros 27 pessoas

Nova York - Alunos da escola americana onde um atirador matou 26 crianças e professores no mês passado voltarão às aulas pela primeira vez nesta quinta-feira em um novo prédio adaptado para parecer exatamente como o antigo.

A escola Sandy Hook, em Newtown, Connecticut, está fechada desde a tragédia ocorrida no dia 14 de dezembro, quando um jovem de 20 anos matou a tiros 20 crianças e seis membros do corpo de funcionários antes de cometer suicídio.

Nesta quarta-feira, as famílias foram convidadas a conhecer a nova escola na cidade próxima de Monroe, onde um prédio que não era utilizado foi preparado para se parecer com o antigo, incluindo os quadros nas paredes e os lápis nas mesas, informou a rede de televisão ABC.

Em uma mensagem aos pais divulgada no site da escola, a diretora em exercício Donna Page, que substitui Dawn Hochsprung, falecida na tragédia, insistiu que "o prédio é seguro e totalmente operacional".

Page informou que os pais serão autorizados a permanecer na escola quando ela abrir para as aulas na quinta-feira para passar segurança aos filhos, muitos dos quais presenciaram o banho de sangue.

"Entendemos que muitos pais podem precisar ficar perto de seus filhos em seu primeiro(s) dia(s) de aula e vocês serão bem-vindos. Tendo dito isso, encorajamos os alunos a pegarem o ônibus para a escola com o objetivo de ajudá-los a retornar a sua rotina familiar o quanto antes", disse.

O tiroteio realizado por Adam Lanza levantou um grande debate nacional sobre o controle de armas no país e levou a uma promessa do presidente Barack Obama de apoiar um projeto que proíbe armas militares.

O atirador, Adam Lanza, foi sepultado durante o fim de semana depois que seu pai recuperou seu corpo, que estava em poder das autoridades, na semana passada, informou um porta-voz da família.

A mãe de Lanza, baleada e morta pelo filho em sua casa pouco antes do massacre na escola, foi enterrada em New Hampshire no mês passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.