Mundo

Sírios comemoram a reconquista de Ghouta feita pelo governo Assad

Milhares de sírios se reuniram em Damasco para comemorar a reconquista do último reduto rebelde em Ghouta Oriental pelo governo de Bashar Al-Assad

Ghouta: o governo sírio anunciou a reconquista da região após o suposto ataque químico na região (Omar Sanadiki/Reuters)

Ghouta: o governo sírio anunciou a reconquista da região após o suposto ataque químico na região (Omar Sanadiki/Reuters)

A

AFP

Publicado em 16 de abril de 2018 às 14h54.

Milhares de sírios se reuniram nesta segunda-feira em uma praça de Damasco para celebrar a vitória do regime de Bashar al Assad em Ghouta Oriental e denunciar aos recentes ataques ocidentais no país.

Estados Unidos, França e Grã-Bretanha mandaram atacar na madrugada de sábado posições militares como represália a um suposto ataque químico uma semana antes na localidade de Duma, último reduto rebelde em Ghouta Oriental. O regime nega qualquer envolvimento no ataque.

No mesmo dia dos ataques, o exército sírio anunciou a reconquista da região situada na periferia da capital, ao finalizar as últimas evacuações de combatentes rebeldes.

Esta vitória do regime e de seu aliado russo foi celebrada por milhares de pessoas, congregadas na Praça dos Omeyas, em Damasco, na véspera da festa nacional de 17 de abril que comemora o fim da ocupação francesa de 1946.

O conflito na Síria, iniciado em 2011, provocou 350.000 mortes e milhões de deslocados e refugiados.

Acompanhe tudo sobre:Bashar al-AssadGuerra na SíriaSíria

Mais de Mundo

Milei se reunirá com Macron em viagem à França para abertura dos Jogos Olímpicos

'Tome chá de camomila', diz Maduro após Lula se preocupar com eleições na Venezuela

Maduro deve aceitar resultado das eleições se perder, diz ex-presidente argentino

Macron só vai nomear primeiro-ministro após Jogos Olímpicos

Mais na Exame