Série de explosões deixa 50 mortos em Xinjiang, na China

Pelo menos 50 pessoas morreram devido a uma série de explosões, entre elas 40 agressores, seis civis e quatro policiais

Pequim - Pelo menos 50 pessoas morreram em um condado de Xinjiang (região noroeste da China) devido a uma série de explosões, entre elas 40 agressores, seis civis e quatro policiais, informou nesta quinta-feira a agência oficial "Xinhua".

Apesar de as explosões terem ocorrido no domingo em uma loja, em um mercado de rua e em duas delegacias de Polícia do condado de Luntai, os meios de imprensa chineses só informaram na segunda-feira de dois mortos e só elevaram o número hoje, como ocorreu em anteriores ocasiões.

A Polícia de Xinjiang, onde a violência e os confrontos entre a etnia minoritária uigur, que professa a religião muçulmana, e a majoritária han se multiplicaram desde 2009, qualificou o ocorrido como "um ataque terrorista severo e organizado", segundo a "Xinhua".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.