Senado da Itália aprova definitivamente o plano de ajuste de Monti

O valor do plano é de 20 bilhões de euros

Roma - O plano de ajuste elaborado pelo chefe do governo italiano, Mario Monti, por um valor de 20 bilhões de euros, foi adotado nesta quinta-feira definitivamente pela Itália, após receber a aprovação do Senado.

O severo pacote de austeridade do governo presidido pelo ex-comissário europeu, que reforma o sistema previdenciário e introduz novos impostos, obteve 257 votos a favor e 41 contra e havia sido aprovado em 16 de dezembro pela Câmara dos Deputados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.