Roma vai conceder vistos temporários a imigrantes tunisianos

Proteção humanitária vai permitir que imigrantes possam viajar pelos países da zona Schengen - 24 países da UE

Roma - A Itália decidiu outorgar autorizações "humanitárias" de residência temporária aos imigrantes tunisianos que chegaram recentemente a seu território, permitindo que viagem para outros países da zona Schengen, anunciou nesta quinta-feira o ministro do Interior, Roberto Maroni.

"Decidimos conceder permissões de residência temporária para proteção humanitária que permitirão (a estes imigrantes) viajar por todos os países do espaço Schengen", declarou o ministro, lembrando que a "esmagadora maioria dos imigrantes declara querer ir onde já têm amigos ou parentes na França e em outros países europeus".

O ministro apresentou perante a Câmara dos Deputados o acordo concluído esta semana com as autoridades da Tunísia, depois da visita do primeiro-ministro Silvio Berlusconi ao país.

Maroni confirmou ainda que se reunirá na sexta-feira com o ministro do Interior francês, Claude Guéant, "para definir um sistema de intervenção comum com o objetivo de que França e Itália possam envolver todos os países da União Europeia".

O ministro destacou que a permissão temporária beneficiará apenas os imigrantes que já estão em território italiano - quem chegar depois será deportado.

Desde janeiro, com a queda do presidente tunisiano Zine El Abidine Ben Ali e a insurreição na Líbia, a Itália enfrenta uma onda excepcional de imigrantes, a maioria vindos da Tunísia, que são francófonos e desejam seguir viagem até a França.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.