Rebeldes islamitas sequestram cerca de 300 curdos na Síria

Curdos foram sequestrados em um bloqueio de rebeldes islamitas quando se dirigiam a Aleppo para cobrar seus salários

Beirute – Cerca de 300 curdos que se dirigiam a cidade de Aleppo, no norte da Síria, para cobrar seus salários foram sequestrados nesta segunda-feira por rebeldes islamitas, informaram fontes curdas.

“Um grupo de 300 pessoas que viajavam em cinco ônibus e um micro-ônibus procedente da localidade curda de Afrin foram sequestrados em um bloqueio de rebeldes islamitas quando se dirigiam a Aleppo para cobrar seus salários”, afirmou à AFP Nawaf Khalil, porta-voz na Europa do Partido da União Democrática (PYD), o principal partido curdo na Síria.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.