Real Madrid terá setores do estádio interditados por racismo

Os setores 120 e 122 do estádio Santiago Bernabéu serão fechados na partida de estreia dos madrilenhos em casa na próxima Liga dos Campeões

São Paulo – A Comissão de Controle e Disciplina da Uefa, entidade que rege o futebol europeu, anunciou nesta sexta-feira (30), que o Real Madrid será punido por conta de atos racistas protagonizados por sua torcida na partida contra o Bayern de Munique, vencida pela equipe espanhola por 1 x 0, na semifinal da última Liga dos Campeões.

Os espanhóis, que vieram a sagrar-se campeões da competição, terão que atuar com parte de seu estádio, o Santiago Bernabéu, interditado na primeira partida em Madri na edição 2014/2015 do torneio.

“Após a acusação de comportamento racista por torcedores do Real Madrid durante a partida, o Comitê de Controle e Disciplina ordenou o fechamento parcial do Santiago Bernabéu por uma partida”, afirmou a Uefa, em comunicado oficial.

Os setores 120 e 122 do estádio serão fechados na partida de estreia dos madrilenhos em casa na próxima Liga dos Campeões – uma faixa com a frase “Não ao Racismo” terá que ser estendida no local.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.