Raúl Castro embarca para visitas oficiais a China e Vietnã

O objetivo das viagens é reforçar as relações bilaterais e assinar acordos de cooperação

Havana - O presidente de Cuba, Raúl Castro, embarcou ontem para fazer visitas oficiais a China e Vietnã, informa nesta segunda-feira o jornal "Granma".

Em uma breve nota, a publicação oficial do Partido Comunista cubano diz que o governante está acompanhado nesta viagem por Ricardo Cabrisas, um dos vice-presidentes do Conselho de Ministros, e pelo ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez.

A viagem de Raúl Castro a estes países asiáticos não havia sido anunciada na ilha, e a nota oficial divulgada hoje não revela a duração das visitas, nem a agenda do presidente cubano.

Em Pequim, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês Liu Weimin, divulgou hoje que Raúl Castro visitará o país de 4 a 7 de julho com o propósito de reforçar as relações bilaterais e assinar acordos de cooperação. De acordo com a Chancelaria chinesa, Raúl Castro se reunirá com o presidente Hu Jintao.

A visita do presidente cubano à China ocorre cinco meses depois da que foi feita por um dos vice-presidentes da ilha, Marino Murillo, que também coordena o início do processo de "atualização" econômica do país caribenho.

A China é o segundo principal parceiro comercial de Cuba, atrás da Venezuela, com um comércio bilateral que em 2010 chegou a US$ 1,8 bilhão, segundo dados oficiais.

Quanto à visita ao Vietnã, não foram divulgados detalhes nem o tempo exato da estadia de Raúl Castro no país.

O Vietnã é considerado pelo governo de Cuba como um aliado político e econômico, com um comércio bilateral de arroz, confecção têxtil, calçados, computadores, produtos eletrônicos, madeireiros e café.

Em abril deste ano, esteve na ilha o secretário-geral do Partido Comunista vietnamita, Nguyen Phu Trong, que convidou Raúl Castro a fazer uma visita "oficial e amistosa" a seu país. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.