A página inicial está de cara nova Experimentar close button

PT declara apoio a Maduro e é criticado por Bolsonaro no Twitter

Partido comparou apoio de Trump e Bolsonaro aos golpes de Estado que aconteceram no século passado na América Latina

São Paulo - O PT emitiu nota em seu site oficial na qual defende o governo de Nicolás Maduro na Venezuela e critica o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e do presidente americano, Donald Trump, ao líder oposicionista e autodeclarado presidente encarregado, Juan Guaidó. "Não compete ao Brasil nem a outros países decidir quem deve ou não governar a Venezuela, que tem um presidente eleito pela maioria da população", diz a nota assinada pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

O PT comparou a atitude de Trump e Bolsonaro aos golpes de Estado que aconteceram no século passado na América Latina, remetendo a "ditaduras que se estabeleceram no continente sob o pretexto de 'defender a democracia'" durante o período da Guerra Fria. "E sempre de acordo com os interesses dos Estados Unidos", salienta a nota. Na sequência, o documento critica a condução da política externa do governo brasileiro, e acusa Jair Bolsonaro de estar esvaziando organismos políticos regionais como a Unasul e o Mercosul.

O PT ainda anunciou pelo Twitter uma reunião extraordinária do Foro de São Paulo "para apoiar Maduro". A iniciativa atraiu a atenção do presidente Bolsonaro, que comentou a postagem petista, também pelo Twitter: "Foro de SP consiste no grupo de países e grupos ideologicamente alinhados usando o dinheiro dos cidadãos para a manutenção de seus companheiros no poder". Na sequência, comemorou a derrocada de líderes e partidos ligados ao Foro: "A economia e sociedade destes comungados foram deflagrados!". No tuíte seguinte, Bolsonaro provocou: "E ainda dizem que o Foro nunca existiu..."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também