Premiê de Portugal promete restaurar confiança

Pedro Passos Coelho prometeu cumprir o cronograma firmado com os credores internacionais para que o país saia de seu resgate até meados de 2014

Lisboa - O primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, afirmou nesta segunda-feira que o país precisa restaurar a confiança prejudicada pela crise política deste mês, e prometeu cumprir o cronograma firmado com os credores internacionais para que o país saia de seu resgate até meados de 2014.

Em seu primeiro discurso depois que o presidente descartou uma eleição antecipada e disse ao governo para permanecer e terminar seu mandato até 2015, Passos disse que o curso da austeridade e as reformas profundas têm que continuar, visto que foram ditadas pelas circunstâncias difíceis do país.

"Nós iremos restaurar a confiança sem levantar qualquer dúvida sobre o processo que estamos realizando, dizendo 'sim, queremos finalizar o programa de assistência na data firmada'", disse ele.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.