Perestroika ajudou a dar fim ao apartheid, diz Gorbachev

Mikhail Gorbachev, último presidente soviético, afirmou que Nelson Mandela disse que a Perestroika na URSS ajudou muito na luta contra o apartheid

Moscou - O último presidente soviético, Mikhail Gorbachev, elogiou nesta sexta-feira a figura de Nelson Mandela, que "conhecia muito bem" e afirmou que o líder sul-africano disse que a "Perestroika" na URSS ajudou muito na luta contra o apartheid.

"Era um homem extraordinário, inteligente e um estadista de talento. Me disse muitas vezes que a Perestroika na União Soviética fez muito para ajudar seu país a se livrar do apartheid", afirmou Gorbachev, em entrevista à agência "Interfax".

O ex-líder soviético, artífice das reformas que terminaram em 1991 com o desmantelamento da URSS, lembrou que Mandela "levou uma vida muito dura. A terceira parte de sua vida ele viveu em condições muito duras".

Mandela "fez muito pela Humanidade e será lembrado não somente pelo povo de seu país, mas por todos os povos do mundo", acrescentou Gorbachev.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.