• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Paciente de covid é dado como morto por engano na China; veja vídeo

Vídeo em circulação nas mídias sociais mostra idoso com sinais vitais dentro de saco mortuário; caso provoca comoção na China
Bombeiros atuam em Xangai, onde foi decretado novo lockdown em 28 de março (Getty Images/VCG / Colaborador)
Bombeiros atuam em Xangai, onde foi decretado novo lockdown em 28 de março (Getty Images/VCG / Colaborador)
Por Da RedaçãoPublicado em 02/05/2022 14:54 | Última atualização em 02/05/2022 14:54Tempo de Leitura: 2 min de leitura

As autoridades de Xangai deram início nesta segunda, dia 2, a uma investigação provocada por um clamor nas mídias sociais depois de um idoso ter sido dado erroneamente como morto por funcionários de um centro de saúde, segundo informações do jornal South China Morning Post. Um vídeo em circulação na China mostra dois representantes de um necrotério abrindo uma bolsa mortuária para um outro funcionário e insistindo que a pessoa dentro dela está viva.

A cena aconteceu no pátio de um hospital que trata de pacientes com covid, onde o idoso estava internado. O encarregado de levar o "morto" embora verifica se há sinais de vida e fecha a bolsa, apesar dos protestos de pessoas que estavam no local. Algum tempo depois, ele volta e o paciente é visto sendo levado ao hospital.

A confusão aconteceu em um momento no qual os moradores de Xangai, maior cidade da China, estão estressados com os novos lockdowns, colocados em vigor no dia 28 de março. Muitos residentes reclamam de dificuldades para sair de casa para comprar alimentos e repor estoques de produtos de limpeza, entre outros itens básicos.

Neste domingo, Xangai, com 25 milhões de habitantes, registrou 32 mortes e mais de 6.800 casos positivos de covid. Nesta segunda, dia 2, foram 58 novas infecções. Apontada como epicentro do novo surto de infecção por covid, Xangai tem mobilizado milhares trabalhadores para desinfetar áreas contaminadas.

LEIA MAIS: