Otan precisa de mais aviões para atacar forças de Kadafi

Necessidade imediata é de aeronaves para bombardeios de precisão

Berlim - O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, admitiu hoje que a organização precisa de mais aviões preparados para bombardeios de "precisão" na Líbia com os quais consiga eliminar alvos do regime de Muammar Kadafi.

Rasmussen se mostrou "confiante" em que os países da Aliança e seus parceiros na Líbia responderão a essa chamada, embora tenha reconhecido que hoje não obteve nenhum compromisso fixado definitivamente durante a reunião de ministros de Exteriores da Otan realizada em Berlim.

Segundo o responsável aliado, a Otan tem, "no conjunto, os ativos necessários para desenvolver a missão na Líbia, mas necessita de alguns caças mais com capacidade para atacar com precisão as unidades de Kadafi que se escondem em regiões povoadas evitando baixas civis".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.