Otan diz que pode trabalhar com Rússia sobre Síria

Destruição de armas químicas da Síria foi discutida em uma reunião de ministros da Defesa de países membros da Otan e da Rússia

Istambul - Otan e Rússia serão informadas em conjunto na próxima semana sobre os esforços para eliminar as armas químicas da Síria e podem trabalhar juntas para apoiar o processo, disse o secretário-geral adjunto da aliança militar, Alexander Vershbow, nesta quinta-feira.

A destruição de armas químicas da Síria foi discutida em uma reunião de ministros da Defesa de países membros da Otan e da Rússia, em Bruxelas, em outubro, a primeira reunião desse tipo em dois anos, elevando a perspectiva de cooperação entre os ex-inimigos da Guerra Fria.

Vershbow disse que Sigrid Kaag, chefe da missão conjunta da ONU e da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) para destruir as armas químicas sírias, estará com autoridades da Otan e da Rússia na próxima semana.

"Nós teremos uma reunião sobre o conselho Otan-Rússia... para saber mais sobre o que eles veem como exigências ao longo dos próximos meses", disse Vershbow à Reuters, nos bastidores de um fórum industrial da Otan em Istambul.

"Neste momento, não sabemos se eles estarão olhando para a Otan ou para Otan mais Rússia, mas os aliados têm uma mente aberta sobre isso e vamos saber mais depois dessa reunião informal." A Rússia tem apoiado o presidente sírio, Bashar al-Assad, durante o conflito de dois anos e meio, bloqueando resoluções do Conselho de Segurança da ONU destinadas a pressioná-lo e afirmando que a saída dele não pode ser uma precondição para as negociações de paz.

Mas, sob um acordo mediado por Rússia e Estados Unidos, Assad concordou em destruir as armas químicas da Síria, depois que Washington ameaçou usar a força em resposta a um ataque com gás sarin que matou centenas de pessoas em 21 de agosto.

A Rússia disse nesta semana que poderia doar 2 milhões de dólares para a Opaq, que ganhou o Prêmio Nobel da Paz no mês passado, e que está pronta para oferecer ajuda especializada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também