Mundo

Nissan Leaf é eleito carro do ano no Japão

Pela primeira vez um automóvel elétrico vence a premiação, que já conta com 32 edições

Modelo tem autonomia de 175 quilômetros em uma mesma recarga (Divulgação)

Modelo tem autonomia de 175 quilômetros em uma mesma recarga (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 1 de julho de 2012 às 00h45.

São Paulo - O Nissan Leaf recebeu o título de carro do ano 2011 no Japão, na última segunda-feira. Pela primeira vez um automóvel elétrico vence a premiação, que já conta com 32 edições. O anúncio foi feito durante o Salão do Automóvel de Tóquio.

O Leaf ganhou 257 pontos. Os jurados destacaram três características principais do modelo, que garantiu o título. São elas: ótimo desempenho do motor elétrico, conforto de condução e dirigibilidade e baixo de nível de ruído.

Também ficaram no páreo o Ford C-Max e Grand C-Max, que juntos tiveram 224 pontos, o Citroën C3 e DS3, com 175 pontos, o Volvo S60 e V60, com 145 pontos e o Dacia Duster (a versão europeia do Renault Duster), que fez 132 pontos.

"Nós vendemos 20 mil Nissan Leaf e também cumprimos nossa promessa de preços acessíveis à mobilidade de emissão zero em uma escala global. Esses prêmios mostram que veículos de emissão zero podem ser claramente alternativas competitivas para os convencionais", declarou o presidente e CEO da Nissan, Carlos Ghosn.

Lançado em 2010, o Leaf é 100% elétrico e produzido em grande escala. Ainda no ano passado, o modelo já havia sido eleito o carro europeu de 2011 por 57 representantes de 23 países do continente.

O modelo tem baterias de íon-lítio com potência superior a 90 kw, devido a isso consegue atingir até 145 km/h e autonomia de 175 quilômetros em uma mesma recarga. Em relação ao conforto, o Leaf não perde para modelos tradicionais. Possui sistemas de travagem, ar condicionado, navegação por satélite, câmera de estacionamento e computador de bordo.

Acompanhe tudo sobre:AutoindústriaCarrosCarros elétricosEmpresasEmpresas japonesasMontadorasNissanNissan LeafSalões de automóveisTokyo Motor ShowVeículos

Mais de Mundo

Legisladores democratas aumentam pressão para que Biden desista da reeleição

Entenda como seria o processo para substituir Joe Biden como candidato democrata

Chefe de campanha admite que Biden perdeu apoio, mas que continuará na disputa eleitoral

Biden anuncia que retomará seus eventos de campanha na próxima semana

Mais na Exame