Naufrágio mata 58 imigrantes na Turquia

Os corpos de 43 pessoas foram resgatados e 15 outros foram encontrados pelos mergulhadores no fundo da embarcação

Ancara - Cinquenta e oito imigrantes ilegais morreram nesta quinta-feira no naufrágio da embarcação em que viajavam diante do litoral da Turquia.

"O número de vítimas agora é de 58", informou Ardahan Totuk, o vice-governador da província de Izmir (oeste), onde ocorreu o drama, segundo a agência de notícias Anatolia.

Os corpos de 43 pessoas foram resgatados e 15 outros foram encontrados pelos mergulhadores no fundo da embarcação.

Totuk indicou ainda que 46 pessoas foram resgatadas.

Segundo Tahsin Kurtbeyoglu, subprefeito de Menderes, distrito onde ocorreu o naufrágio, a maioria das vítimas é oriunda de países árabes.

Segundo o canal CNN-Turquia, a pequena embarcação transportava 102 pessoas e a maior parte dos clandestinos é do Iraque e da Síria, países em conflito que fizeram muitos refugiados se arriscar em países fronteiriços com a Turquia.

Ainda de acordo com a CNN-Turquia, a embarcação chocou-se com as rochas, poucos minutos depois de ter zarpado da pequena localidade turca de Ahmetbeyli com rumo desconhecido.

Os imigrantes ilegais tentam chegar até as ilhas gregas, para depois ir para a Europa Ocidental.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.