Multidão lota ruas do centro do Paris e canta Marselhesa

Segundo autoridades francesas, a manifestação pode ser a maior desde a liberação de Paris do controle nazista na Segunda Guerra Mundial

São Paulo - A multidão reunida na Praça da República em Paris cantou o hino da França, a Marselhesa. A praça é o ponto de partida para as marchas convocadas em homenagem às vítimas da última semana e contra o terrorismo. Manifestantes agitam bandeiras da França e de outros países, principalmente europeus.

A população lota completamente as ruas da região. Segundo agências de notícias locais, é impossível neste momento se deslocar em direção ao centro de Paris. Há pessoas em pé sobre o monumento da Praça da República. Segundo autoridades francesas, a manifestação pode ser a maior desde a liberação de Paris do controle nazista na Segunda Guerra Mundial.

Meios de transporte não cobram tarifa na capital francesa neste domingo. Estima-se a participação de centenas de milhares de pessoas e prepararam operações de policiamento reforçado, com 2.200 homens.

Além da população, participam da manifestação familiares das vítimas do ataque à revista Charlie Hebdo e autoridades de 60 países.

Estão previstos dois percursos de cerca de três quilômetros de distância da Praça da República à Praça da Nação. Os dois itinerários foram planejados para dar conta da quantidade de gente que participa do ato. (Ana Fernandes, com agências internacionais)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.