Mubarak diz querer deixar o poder, mas teme o caos

Presidente egípcio disse "estar cheio de ser presidente" e lamentou confrontos no país em entrevista ao canal americano ABC

Cairo – O presidente egípcio, Hosni Mubarak, disse nesta quinta-feira em entrevista à rede ABC que deseja deixar o poder, mas teme o caos que pode ocorrer caso o faça.

O ditador egípcio afirmou “estar cheio de ser presidente” e que gostaria de deixar o poder agora, mas não pode, por temer que o país afunde no caos”, informou a repórter da ABC Christiane Amanpour, depois de 20 minutos de entrevista no Cairo.

“Não me importo com o que as pessoas dizem de mim. Agora eu estou preocupado com o meu país, eu me importo com o Egito”, disse Mubarak, enquanto violentos protestos contra ele chegam ao décimo dia seguido.

Ele acrescentou: “estou muito triste com (o que aconteceu) ontem. Não quero ver os egípcios lutando entre si”.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.