Medida sobre controle de armas é barrada no Senado dos EUA

Bancada republicana votou em peso contra iniciativa dos democratas para reforçar as verificações de antecedentes criminais e psiquiátricos dos compradores

O Senado dos Estados Unidos rejeitou nesta segunda-feira a proposta do Partido Democrata para reforçar as verificações de antecedentes criminais e psiquiátricos dos compradores de armas.

A bancada republicana no Senado votou em peso contra a iniciativa, que os democratas tentam aprovar há anos, em uma sessão realizada oito dias após o massacre em uma boate gay que deixou 49 mortos em Orlando, Flórida.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.