Líderes vão se reunir para discutir cúpula da zona do euro

Conservadores querem reforçar moeda comum e avançar na política econômica

Bruxelas - Os chefes de Estado e de Governo pertencentes ao Partido Popular Europeu (PPE) se reunirão no próximo dia 4 de março em Helsinque para preparar a cúpula extraordinária da zona do euro que será realizada no dia 11 em Bruxelas.

O encontro foi definido nesta segunda-feira durante uma reunião dos ministros de Finanças conservadores, segundo anunciou em comunicado o vice-primeiro-ministro finlandês, Jyrki Katainen, que organizará a reunião.

"Este encontro em Helsinque é uma nova prova do compromisso do PPE para reforçar nossa moeda comum e avançar na política econômica", explicou Katainen, que normalmente dirige as reuniões dos responsáveis de Finanças do partido.

Na capital finlandesa, os chefes de Estado e de Governo prepararão a cúpula extraordinária dos países do euro de 11 de março em Bruxelas, na qual se pretende avançar nas medidas contra a crise da dívida.

No encontro serão discutidos o endurecimento da disciplina fiscal, a nova rodada de testes de solvência aos bancos e o reforço do fundo de resgate da zona do euro, criado em maio passado para socorrer os países com problemas de solvência.

A reunião informal foi convocada a pedido da França e da Alemanha, que também querem avançar no recente compromisso firmado pelo bloco para iniciar um "pacto de competitividade".

As decisões formais seriam tomadas na seguinte cúpula da União Europeia (UE), nos dias 24 e 25 de março.

Entre os líderes do PPE estão a maior parte dos chefes de Estado e de Governo da zona do euro, incluindo a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Além disso, são também membros do partido os presidentes das três principais instituições da UE: José Manuel Durão Barroso (Comissão Europeia), Herman van Rompuy (Conselho Europeu) e Jerzy Buzek (Parlamento Europeu).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.