Líder de talibãs paquistaneses é morto no Afeganistão

O bombardeio por um drone americano aconteceu na noite de ontem, em uma área montanhosa do distrito de Alishir

Cabul - Um líder de uma facção que se separou do principal grupo talibã do Paquistão, Khan Sayad, conhecido como "Sajna", morreu no bombardeio de um drone americano no leste do Afeganistão, informou nesta quinta-feira à Agência Efe uma fonte oficial.

O bombardeio aconteceu na noite de ontem, horário local, em uma área montanhosa do distrito de Alishir, na província de Khost, onde, além disso, o drone americano realizou um segundo ataque, no qual causou a morte de "entre 13 a 15 insurgentes", informou o chefe do distrito, Javid Joshan.

Joshan afirmou que o comandante "Sajna" está entre os talibãs que pereceram em um dos bombardeios, realizados ambos com três horas de diferença entre um e outro, e nos quais também ficaram feridos "mais de 20 insurgentes".

"Nestas áreas montanhosas, onde aconteceram os ataques, estão ativos vários grupos insurgentes", completou a fonte.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.