Libéria suspende estado de emergência pelo ebola

A presidente da Libéria anunciou que suspendeu o estado de emergência instaurado em agosto para lutar contra o ebola

Monróvia - A presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, anunciou nesta quinta-feira que suspendeu o estado de emergência instaurado em agosto para lutar contra a epidemia de ebola e reduziu a hora do toque de recolher, enfatizando, no entanto, que o combate à doença ainda não terminou.

"Informei aos dirigentes da Assembleia Nacional que não pedirei um prolongamento do estado de emergência", afirmou Sirleaf aos meios de comunicação.

A epidemia de ebola deixou cerca de 3.000 mortos no país e mais de 5.000 em todo o mundo desde o início do ano, segundo números da ONU.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.